11.6.08

meter uma lança em Coimbra


quando dizemos "meter uma lança em África" estamos a dar conta da dificuldade de uma iniciativa a que nos propusemos. esta Coimbra ainda é merecedora de ousadias?

1 comentário:

x disse...

Em diagonal, se preciso for....

É esta Coimbra ainda merecedora de destemidas ousadias?
Pois não me parece fácil penetrar este continente!
A resistência de alguns "nativos" rotula os "descobridores" de estranhos e indesejáveis e levanta obstáculos absolutamente inimagináveis ao ponto de já ter ouvido mesmo falar de "baixas humanas"...
Mas deverão eles retroceder face ao perigo de serem dizimados pelo inimigo
ou avançar na expedição qual destemido e valoroso guerreiro,
disposto a mostrar a sua coragem perante o (in)certo?

A minha resposta vou buscá-la a este blog: "não confundir a folha com a árvore, a árvore com a floresta, a floresta com a vida. Caminhar e respirar. Respirar e caminhar. Em diagonal, se preciso for..." Mas não esquecer que, como um dia me disse um grande amigo, "uma macieira vai dar sempre maçãs..." (Esta sabedoria é inequivocamente uma enorme vantagem para os descobridores!)